InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 "Mudanças"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: "Mudanças"   Seg Mar 16, 2009 4:42 pm

1º Capítulo: Confusão

-Será que o Peter é tão giro como dizem? Se for, não me escapa! E o irmão dele? Também já me disseram que não é de se deitar fora.
-És capaz de falar de outra coisa? Tem calma! Amanhã já o podes ver.
Nunca vi a Sandra tão ansiosa por alguma coisa como ela estava nestes últimos dias. Os novos alunos estavam a pôr todas as pessoas malucas. Será que ninguém via? Eles são bonitos, pelo menos é o que dizem, mas são como todos nós! O que eles têm de especial? São estrangeiros? De certeza que se eu fosse para fora do país não era recebida com tanto entusiasmo.
-Amanhã é muito tempo! Sabias que ele é da nossa turma?
-Já dizes-te isso milhares de vezes. Queres lanchar?
-Eu já lanchava, mas era outra coisa.
-Será que só pensas nisso? Vou fingir que dizes-te não.
-É o que dá impulso à minha vida. O que queres que faça?
A Sandra é uma daquelas raparigas que a sua vida resume-se a rapazes e a sair à noite. Ela é totalmente o meu oposto. Quanto mais longe os rapazes estiverem de mim, melhor. Apesar disso eu não a punia. Realmente é a única em que posso confiar. Nem sei bem como.

(já de noite)
-Bem, acho que chegou a hora de ir-me embora.
-Já? Não! Tu sabes que se fores eu fico sozinha em casa, coisa que eu detesto – eu estava realmente triste de ela ir embora.
-Tem de ser. Ainda por cima quero passar em casa do Pedro – quando me piscou o olho não foi preciso mais palavras. Já a conhecia o suficiente para saber o que significava.
-Está bem!
Levei-a à porta de casa e esperei que desaparece-se na esquina. Quando estava a entrar para dentro algo me prendeu a atenção na montanha em frente à minha casa. Parecia uns faróis de um carro. Um carro? Na montanha? Agora, tão tarde? O que faria um carro ali? Para lá da montanha só havia a intensa floresta.
Com medo, ignorei e voltei para dentro. Bebi um iogurte e decidi ir-me deitar sem esperar que os meus pais chegassem do trabalho.

(no dia seguinte)
Acordei sobressaltada. Nem acredito que hoje é o primeiro dia de aulas.
Vesti-me rapidamente e fui ter com a Sandra ao café.
-Despacha-te! Não quero chegar atrasada.
Ela não está bem. Não quer chegar atrasada? Ainda por cima a primeira aula é Matemática.
Acabei rapidamente o meu pequeno-almoço para fazer-lhe a vontade.
Chegámos à escola cedo, por isso ainda estava vazia com a excepção de um grupo de raparigas do 8º ano. Provavelmente estavam à espera dos novos alunos.
Não foi preciso esperar muito, cerca de 5 minutos depois, entraram dois rapazes e uma rapariga. Agora compreendia a obsessão da Sandra. Eles eram como deuses. O primeiro rapaz é alto, moreno, corpo bem definido e muito bonito. O segundo rapaz é mais baixo que o primeiro, mas não deixava de ser alto, era loiro e musculoso. A rapariga tem cabelo preto, encaracolado, também é alta, o seu corpo era de fazer inveja a todas as raparigas. Ninguém diria que eles são irmãos, apenas tinham duas coisas em comum: os olhos e o tom de pele. Todos eles têm olhos prateados e as suas peles são de uma palidez estranha, parecem brancas.
-Agarra-me que eu vou cair – a Sandra estava maravilhada com tanta beleza. Parecia hipnotizada…
Antes das aulas ficamos na sala dos alunos perto da mesa onde eles estavam sentados.
-Podes parar de olhar para eles? Estás a envergonhar-nos!
-Não consigo… - definitivamente a Sandra estava hipnotizada.
Por uns momentos olhei olhos nos olhos com o mais alto. Este momento pareceu-me mágico.
“Peter, o que é que elas estão a pensar? A ruiva não pára de olhar para nós.”
Estranho. Esta voz parecia que vinha da minha cabeça. Era uma voz feminina. Olhei para a Sandra, mas ela continuava hipnotizada. Olhei para ele novamente e ele estava a falar com a irmã.
“O que foi isto? Eu consigo ler as mentes deles?” – este foi o meu pensamento logo que me apercebi que fui a única a ouvir. De repente o mais alto, provavelmente Peter, ficou tenso e olhou para mim.
“Que pensamento foi aquele?”
Ele também lia a minha mente? Já estava a ficar com medo.
Neste momento alguém entrou na sala, o que, devido às janelas estarem abertas, provocou uma corrente de ar.
“Lembra-te do que és, Peter. Não podes cometer uma calamidade deste tamanho. Não podes matá-la, pelo menos aqui… Não! Nem aqui nem em lado nenhum. É melhor afastar-me dela”
O medo percorreu o meu corpo. Por trás das suas palavras eu podia saber como ele pretendia acabar com a minha vida. Ele é um vampiro? Como poderia ser?
“Oh não! Ela descobriu.”
Ela descobriu? Eu estava certa?
“Tenho de me afastar rapidamente!”
Esta ideia aterrorizou-me mais do que a primeira. Ele não me podia deixar. O meu coração, mal ouviu o seu pensamento, quebrou-se e isso só podia significar uma coisa: eu amava-o.
“Não posso deixar que o teu amor cresça! Está errado!”
Como poderia ele dizer isso? Era o que eu mais queria neste momento.
O toque de entrada tocou, o que interrompeu o meu pensamento.
“Adeus”
Depois deste pensamento saiu a correr da sala.
-Peter! – o seu irmão estava preocupado.
-Calma! Depois explico – a irmã dele parecia saber tudo. Como?
-Onde vai ele? – a Sandra estava curiosa.
-Sei lá eu! Vamos para a aula – acho que fui muito arrogante com ela, mas eu estava chateada.

(no fim da aula)
-O Peter faltou… O que será que aconteceu?
-Pára de falar neles! Ainda agora chegaram já me enervam…
-Queres falar? – a Sandra estava a ficar preocupada e tinha razão. A final de contas não sabia de nada.
-Não!
-Ok! Mas sei que se passa alguma coisa e não é só o facto de eu estar sempre a falar deles. Já os conhecias?
-Sandra, pára! Já disse que não quero falar e ponto final.
-Pronto, não te zangues. Sabes que somos só nós as duas e eu não gosto nada que haja segredos entre nós.
-Sim, desculpa. Talvez um dia mais tarde eu te conte – ela tinha razão. Ela conta-me tudo. Às vezes até pormenores que eu dispensava, mas ela queria contar sempre tudo, apesar de já não me lembrar de metade.
Ela é uma rapariga muito bonita, tem o cabelo liso, curto e ruivo, é baixa, magra, olhos verdes e tem sardas. Por ser uma rapariga inteligente e extrovertida, para além de gira, ela tem todos os rapazes e mais alguns. Só os mais ajuizados é que não tinham estado com ela.

(no final da tarde)
-Dás-me licença que eu peça ao Jack para sair comigo à noite?
-A quem?
-Se não os conheces como é que tens tanta raiva deles?
-Ah! O irmão do Peter. Logo vi… Não! Quero-te o mais afastada deles possível. E em relação à raiva já falámos disso.
-Não te percebo! – ela estava triste. Via-se pelos seus olhos.
-Desculpa. Não quero ser tua mãe, mas se soubesses as razões.
-Então diz-me!
-Desculpa… Adeus – foi assim que me despedi da Sandra. Sem uma única explicação deste dia horrível.

(à noite em casa)
Já longe das vistas de todos, no meu quarto, comecei a chorar por duas razões. Primeira: O Peter não voltou à escola. Segundo: Tenho toda a culpa da Sandra estar assim, mas acho que tenho razão. Eu não quero uma amiga em sofrimento, mas qual será o maior sofrimento? É ter uma melhor amiga que não nos conta tudo ou saber que os novos alunos são vampiros e que um deles desejava profundamente matar a sua melhor amiga?


by Jibdias


Última edição por Jibdias em Ter Mar 31, 2009 8:14 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Seg Mar 16, 2009 5:00 pm

Bem, este texto foi feito nestes últimos dias. Vi tantos talentos aqui no forum que quis tentar a minha sorte. Peguei numa caneta e num bloco de notas e toca a escrever. Desde então que nunca largo o bloco. A Joana até se farta e eu mato-a de curiosidade quando estou a escrever durante as aulas ou nos intervalos quando não estou no computador e não a deixo ver o que escrevo.
Como podem ver esta história é completamente inspirada no twilight.

Breve resumo de toda a história (atenção! ainda não está escrita. é só um breve resumo das ideias principais):
Uma rapariga (Carolina) vivia numa vila sossegada com a sua melhor amiga (Sandra) até que um dia chegaram novos habitantes, o que veio destabilizar a vida de Carolina.
Com toda a confusão inicial, da sua repentina paixao por Peter, saber que ele é um vampiro e que após um olhar olhos nos olhos com ele ligou as suas mente, ela vai ter de escolher se conta a verdade à Sandra ou se perfere que ela pense que Carolina é uma falsa amiga. Após ter acontecido uma coisa infeliz à Sandra, Carolina decide ajudá-la e apoiá-la como antigamente, mas continua indecisa se conta a verdade relativamente a Peter à Sandra ou se esconde o seu namoro da amiga.


Auto criticas: acho que a minha escrita é um pouco confusa, mas apesar disso gostei do produto final.

O que acharam? Devo continuar?
Por favor, sejam sinceras!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menina Cullen
i'll be your lover, too
avatar

Número de Mensagens : 266
Idade : 26
Localização : Amadora
Humor : Feliz

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 5:50 am

Primeiro gostei do qe li .. segundo a personagem principal pelo qe percebi chama-se Carolina xD eu chamo-me Carolina!!! ahah por isso cntinua sim! =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menina Cullen
i'll be your lover, too
avatar

Número de Mensagens : 266
Idade : 26
Localização : Amadora
Humor : Feliz

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 5:53 am

Uma sugestão para o titulo
"Mudanças"
"Amor inesperado"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 6:23 am

Obrigada.

Sim, ela chama-se Carolina.
Já comecei o segundo capítulo! Smile

Em relação ao título gostei mais do nome "Mudanças" Obrigada Smile

Por favor, quando puderem mudem o título para Mudanças.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menina Cullen
i'll be your lover, too
avatar

Número de Mensagens : 266
Idade : 26
Localização : Amadora
Humor : Feliz

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 7:00 am

=D hehe ainda bem qe gostaste da minha sugestação! ag qero ler o 2º capitulo! ahah
tou ansiosa =P
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa leto ^^
pattinson biggest fan
avatar

Número de Mensagens : 791
Idade : 22
Localização : in jared's mind ^^ i wish #)

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 11:36 am

ta tao bonito!!! mas enganaste te numa parte. kuando começaste a descrever o peter disseste que ele era alto, MORENO, corpo bem definido e bonito. a parte do moreno é k foi engano.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 11:58 am

não estou a perceber :S
Qual é o erro?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Darkstarmarlene
pattinson support
avatar

Número de Mensagens : 443
Idade : 24
Localização : Melgaço, Viana do Castelo
Humor : Sad :( and In lOve (Edward)

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 3:25 pm

Stop!!!! Tem um defeito!!! Precisa da continuação Very Happy
Tá mt giro Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Ter Mar 17, 2009 3:33 pm

XD Obrigada
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menina Cullen
i'll be your lover, too
avatar

Número de Mensagens : 266
Idade : 26
Localização : Amadora
Humor : Feliz

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qua Mar 18, 2009 5:55 am

Voltei a ler o teu texto e tnhu duas questões ..
1º como é qe a Carolina descobriu qe eles sao vampiros?
2º quem é que le mentes? A Carolina?

Bjnho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qua Mar 18, 2009 8:11 am

1º A Carolina descobriu que eles eram vampiros, porque por detrás do pensamento de Peter ela conseguiu ver como ele intensionava matá-la. Explicando melhor. Peter enquanto pensava aquilo estava a imaginar a cena do assassinato. Carolina conseguiu ver o que ele estava a imaginar.

2º É o Peter que lê as mentes. Como ele estava a ler a mente da irmã, a Carolina pensava que era ela.


é por estas coisas que eu acho a minha escrita confusa, mas tudo bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qua Mar 18, 2009 10:44 am

2º Capítulo: O reencontro

Eu estou totalmente desesperada. Já passou uma semana e o Peter não aparece. Sinto tanto a falta dele. Eu sei que não o conheço bem, mas estou confusa e sinto que preciso dele ao meu lado.
A minha relação com a Sandra também não melhorou. O Jack e a sua irmã começaram-me a olhar de lado e a seguir todos os meus passos, o que fez a Sandra desconfiar mais, contudo ela continuava a contar-me tudo.
O que me deixa mais feliz nisto tudo é o facto dos irmãos de Peter me seguirem. Isso só pode significar que ele também gosta de mim e quer saber novidades minhas.
É hora de almoço, eu e a Sandra estávamos a almoçar no refeitório. Como sempre Jack e a sua irmã estavam a uma mesa de distância. Senti-me tentada a perguntar-lhes pelo Peter, mas tinha medo da Sandra e quando estava quase a ceder…
“Será que já me ouve aqui?”
Peter… é ele! Finalmente. Já tinha tantas saudades.
“Olá, Carolina. Deves estar confusa, eu sei. Queria esclarecer tudo contigo, mas preferia que falássemos frente a frente. Não tenhas medo, desta vez vou estar controlado.”
Claro que sim! Estou ansiosa para ver-te.
Senti que ele está tão ou mais feliz que eu, porque finalmente iríamos estar juntos, contudo senti que parte dele detestava a ideia. Deduzi logo que fosse a parte do monstro.
“Estás totalmente certa. Agora tenho de ir. Estarei em tua casa logo que os teus pais saírem para trabalhar”
Por mim tudo bem. Desde que estejamos juntos…
-Carolina?
Olhei para a Sandra. Ela estava estranha. Assustada, talvez. Depois apercebi-me que tinha um largo sorriso na cara, coisa que já não acontecia desde que conheci o Peter.
-Estás bem?
-Claro que sim! Desculpa. Estava tão envolvida nos meus pensamentos…
-Sim, eu percebi – ela está desconfiada, mas ela sabe que é escusado perguntar o porquê, porque eu não lhe respondia – Logo à noite queres jantar comigo? Tenho novidades para te contar.
-Ah… Estou cansada. Não me apetece – custou-me tanto mentir-lhe. Uma coisa era ocultar factos, outra era não lhe contar a verdade.

(à noite)
-Adeus, mãe. Adeus, pai – finalmente eles iam embora.
Mal parei de ouvir o som do carro, ouvi a campainha da porta. Parei de fazer os trabalhos de casa e fui a correr abrir a porta. Era ele, tal como prometeu. Percebi que segundos antes de eu abrir a porta ele parou de respirar.
-Respira!
Ele começou-se a rir e eu percebi o porquê. Ele não precisava de respirar, apenas ficava incomodado.
-Entra – nem acredito. Eu estou tão envergonhada.
-Não estejas – juntamente com estas palavras deu-me um sorriso desajeitado lindo de morrer.
Depois entrou e parecia que eu é que estava em casa dele, pois era eu que o seguia. Foi directamente para o meu quarto, sem sequer perguntar onde era. Isso não me surpreendeu.
Quando entrámos no quarto ele puxou-me para a cama.
-Bem… -ele estava a hesitar - Começando pelo princípio. Acho que a química entre nós, quando olhámo-nos olhos nos olhos, nos ligou de uma forma estranha. Decidi investigar. Não é a primeira vez que isto acontece entre um humano e um da minha espécie. Normalmente o humano morre.
Não, não podia ser. Ele queria dizer que podia morrer? Ele nunca me faria isso.
- Claro que não! Continuando. Quando senti o teu cheiro fiquei atordoado. Nunca tinha cheirado algo semelhante antes. Foi tão bom que quis experimentar… hum… o teu sangue. A verdade é que eu sou um vampiro, mas a minha família, ou melhor dizendo clã, não quer matar pessoas. Eu ia deitando tudo a perder quando… nem quero pensar. Depois quando percebes-te que me amavas fiquei com medo. Estava totalmente errado! Decidi logo afastar-me. Saí do país. Estar longe de ti fazia-me mais vazio do que eu era. Não aguentei. Eu tinha que te ver, portanto voltei.
Ouvir aquilo da boca dele era fantástico. Sem pensar, tentei beijá-lo, mas sem sucesso.
-Não é boa ideia – claro… ele podia cair na tentação. Sem vontade, ele disse – É melhor ir-me embora. A tua amiga Sandra está a pensar fazer-te agora uma visita.
A Sandra? Ela queria vir cá? Pois claro, ela queria contar-me alguma coisa. Pelos vistos era importante.
-Está bem. Mas ela vem aí?
-Sim. É importante para ela a notícia que te vai dar. Adeus.
Nem acredito que ia ficar sem ele outra vez.
-Promete-me que não foges desta vez.
-Claro que não. Eu não ia aguentar.
Com estas palavras saiu do meu quarto rapidamente antes que a Sandra chegasse. Logo que a porta fechou fui vestir o meu pijama para parecer que estava realmente cansada.
A campainha tocou e eu fui abrir a porta. É a Sandra. Mandei-a entrar.
-Já descansas-te muito? – era sem dúvida uma rasteira. Ela estava a começar a desconfiar. Sentia-me tão mal…
- Não muito. Parece importante o que tinhas para me dizer, já que vieste cá casa…
-Sim. Podemos ir para o teu quarto?
Tinha-me esquecido completamente que estávamos paradas no meio da sala.
-Claro que sim! Anda.
Subimos as escadas. Quando chegámos ao meu quarto é que reparei que o cheiro dele tinha ficado.
-Cheira tão bem…
-Hum… sim. Pus à bocado um spray ambientador – nem acredito que lhe estava a mentir outra vez – o que me querias contar?
-Ah! Sim. Senta-te – sentei-me na cama automaticamente e ela fez o mesmo – Nem quero acreditar. Acho que estou a gostar realmente do Pedro. Ontem estivemos juntos na casa dele, foi M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Ele disse-me ao ouvido que me amava. Fiquei cheia de borboletas no estômago. Oh meu deus. Não tive coragem de dizer que o amava, mas disse-lhe que gostava muito dele. Estou um pouco confusa. Sabes como é que eu sou. Não queria mesmo nada assumir algo sério, mas acho que me vou deixar levar.
-Na minha opinião era bom que te juntasses a ele. Já imaginas-te? Ter um namorado é óptimo e se ele gosta realmente de ti, porque não assumir um namoro?
-Oh! Não sei…
-A sério. Vai por mim…
-Tenho de pensar melhor…
Neste momento o telefone dela tocou e ela entendeu.
-Sim?........... Não pode ser!.................Tens a certeza?............... Vou já para aí! – desligou o telefone – Adeus, amiga. Obrigada. Tenho de ir.
-O que foi? Está tudo bem?
-Depois falamos – e saiu rapidamente.
O que terá acontecido? Fiquei curiosa, contudo era melhor não lhe perguntar nada sem ela querer dizer.
Neste momento ouvi alguma coisa a bater na janela.
“Vem à janela”
É o Peter. O que ele quer? Já falámos hoje…

By Jibdias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qua Mar 18, 2009 10:45 am

Espero que gostem Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa leto ^^
pattinson biggest fan
avatar

Número de Mensagens : 791
Idade : 22
Localização : in jared's mind ^^ i wish #)

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qua Mar 18, 2009 1:35 pm

ta mt giro. akilo k eu tava a dixer é k os vampiros são pálidos e é impossivel serem morenos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qua Mar 18, 2009 2:39 pm

ah! Pois, mas moreno é o cabelo. Eu depois digo que eles os três apenas têm duas coisas em comum: os olhos prateados (para não imitar muito a stephanie) e uma pele muito pálida que parece branca.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa leto ^^
pattinson biggest fan
avatar

Número de Mensagens : 791
Idade : 22
Localização : in jared's mind ^^ i wish #)

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qui Mar 19, 2009 2:20 pm

ok lol. eskece. eu confundi me.... Embarassed

lol continua
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qui Mar 19, 2009 2:27 pm

não faz mal Smile

Agora ando um bocado ocupada com os testes. Só para domingo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Sab Mar 28, 2009 2:02 pm

Capítulo 3: o meu futuro

Decidi ver o que ele queria. Por mais que eu tentasse não conseguia descobrir o motivo dele.
Abri a janela.
-Olá outra vez! – ele estava com um largo sorriso na cara. Como é que ele conseguia esconder o porquê de estar aqui? No dia em que nos conhecemos não conseguiu… – anda! Quero que conheças uma pessoa.
Agora já percebi! É a irmã dele.
-Espera. Vou-me vestir.
Vesti-me e fui ter com ele.
Íamos no carro dele que estava nas traseiras da minha casa.

(minutos mais tarde)
Era ele que passava na montanha em frente à minha casa todas as noites. Ele vive no meio da floresta, para lá das montanhas.
Chegámos à casa dele. É enorme! Tem uma arquitectura moderna, é simples e leve. Situa-se no meio das árvores e dos animais, onde eu adoraria viver um dia. À porta esperava-nos a irmã dele.
-Olá! Tu és a Carolina, certo? Eu sou a Sophie – ela tem uma voz muito bonita e um sotaque americano.
-Sim, sou a Carolina.
-Deves querer saber porque te quis conhecer, não? – neste momento começou a andar em direcção à floresta. Hesitei, mas Peter começou a seguir-nos e disse para eu continuar – Pois bem, eu vi o que aconteceu ao Peter. Não foi só com ele que isso aconteceu. Eu consigo ver o futuro próximo das pessoas. Normalmente eu só o consigo estando a menos de 400 metros de distância, mas desde que te vi eu consigo ver o teu futuro muito mais longe. Fiquei intrigada, por isso resolvi pesquisar e consegui resultados. Queria te explicar pessoalmente o que acontece contigo. Parece que tu consegues modificar parte das nossas mentes.
Neste momento chegámos a uma outra casa. Esta já tem uma arquitectura mais antiga, contudo conseguia ser ainda mais simples que a outra. Entrámos num hall de entrada. Este é um quadrado perfeito e sem janelas, está iluminado apenas por um candeeiro antigo pendurado no tecto.
-Devo preparar-te para o que vem a seguir. Vais conhecer um velho amigo da família. Ele é vampiro e, tal como nós, tem um poder. O seu poder é, pela saliva, consegue descobrir os poderes das pessoas. Se for como nós tu vais modificar os poderes dele, mas não te preocupes ele saberá qual foi a alteração.
Eu estou baralhada com tudo o que a Sophie me disse, mas o Peter relaxou-me e prosseguimos. Eu estou tão nervosa… Chegámos a uma sala de estar onde apenas havia uma poltrona e um grande sofá. Na poltrona estava um senhor que aparentava ter uns 30 e tal anos, baixo e magro. Sentámo-nos no sofá.
-Impressionante! – o senhor tinha uma voz lindíssima. Chegou-se mais perto para observar alguma coisa em mim – Também conseguiste modificar os meus poderes em relação a ti. Agora eu consigo analisar-te sem a tua saliva. Bem…, o teu poder consiste em a tua mente conseguir modificar de forma voluntária ou involuntária os poderes de alguém. É muito incomum um humano ter poderes característicos dos vampiros. Isso normalmente quer dizer que quando transformados conseguem ter poderes estupendos e por vezes conseguem ser melhores vampiros do que um muito mais velho.
-Isso pode ser controlado? – Sophie parecia contente com a ideia.
-Sim, mas é preciso ter um grande controlo da mente. Quando for mais desenvolvido irá conseguir escolher as modificações que quer fazer, a quem, envolver outras pessoas que não ela e inclusive dar novos poderes às pessoas.
-Ela é a única…?
-Sim, que eu conheça sim, é a única.
Mas que conversa era aquela? Eu não posso acreditar. Eu tenho um poder? Como é possível? Sou a única a ter este dom?
-Calma, tu vais conseguir controlá-lo – Peter falou pela primeira vez. Ele está calmo e… alegre?
-Obrigada, Rupert, nem sabes como nos ajudas-te – Sophie estava igualmente feliz, mas porque?
-De nada, minha querida. Agora tenho de ir. Russia espera-me.
Neste momento desapareceu a correr.
-Bem, é melhor deixar-vos a sós. Têm muito que falar.
-Obrigada.
Estavam todos tão excitados. Não percebia o porquê.
- Temos de falar.
-Sim, pois temos. Não estou a perceber.
-Não fiques nervosa. Temos de falar sobre o teu futuro. Com esta informação temos várias hipóteses.
-Espera, antes de continuares. Como é que consegues esconder-me coisas? No primeiro dia não conseguiste…
-É verdade. Como sabes eu tive de me afastar de ti. No entanto as saudades começaram a apertar e eu tinha de voltar, mas antes eu tinha de saber-me controlar. Pedi ajuda à minha mãe e ela arranjou-me uma forma de eu conseguir esconder-te alguma coisa para não sofreres.
-Mas eu não sofro. Eu gostava de saber mais de ti.
-Está descansada que eu também sei não ouvir certas coisas do teu pensamento.
-OK, OK! Quais são as hipóteses para o meu futuro?
-Existe várias. Escolhe com cuidado.
-Sim, eu não vou querer qualquer coisa.
-Eu sei. Bem, antes vou ter de te falar um pouco da morfologia dos vampiros. Há vantagens, mas também há desvantagens. As vantagens são a visão melhorada, velocidade, força e imortalidade. As desvantagens são ser um assassino e imensas dores na transformação. Por causa do teu poder achamos que o melhor é transformares-te num de nós, mas a decisão final é tua. Queremos que te sintas à vontade. Se te quiseres transformar tens três caminhos. O primeiro é não matares humanos e apenas te alimentares de animais. Nessa opção poderemos permanecer aqui em Portugal. O segundo é quereres matar humanos. Neste caso terás de seguir a tua própria vida por mais que isto nos custe. O terceiro, e menos aconselhável, é preferires que se compre sacos de sangue nos banco de sangue. Neste caso teremos de ir para Nova Iorque.
Que conversa era aquela? Ele está a assustar-me. Quase que me vem as lágrimas aos olhos…
-Desculpa, não fiques triste. Eu não pretendia…
-Desculpa-me a mim. Continua – apesar de tudo eu sei que aquela conversa é importante.
-Não. Tu não estás bem. Talvez mais tarde…- se ele pudesse chorar de certeza que chorava. Ele estava tão arrependido…
-Não! Continua! – quase que lhe gritei.
-Tu é que sabes. Podes sempre ficar humana. Neste caso irá me custar muito e tu não irás conseguir dominar muito bem o teu poder. POodes pensar em uma resposta e depois dás-ma.
-Claro, é melhor. Amanhã sou capaz de te dar uma resposta.
-Ok! Vou levar-te a casa.

(em casa)
Vim o caminho todo a pensar no assunto.
-Adeus, Peter.
-Adeus, Carolina! Não te precipites!
-Sim…
Logo que ele saiu corri para o meu quarto. Deitei-me na cama e as lágrimas finalmente caíram. Estava tão confusa… Não conseguia pensar em nada…
O telefone tocou.
-Sim, Sandra?
-Olá, amiga. Desculpa telefonar-te a esta hora. Sei que é tarde, mas preciso de ti.
-Sandra, estás bem? Estás a chorar? O que se passa? Onde estás?
-Não estou nada bem. Podes vir ter comigo?
-Claro que sim! Onde estás?
-Estou no hospital. Por favor, não me faças perguntas. Apenas em cá.
-OK! Já saiu de casa.
Ela está no hospital? O que será que aconteceu?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Sab Mar 28, 2009 2:04 pm

Desulpem postar só agora, mas tenho andado tão ocupada e feliz que não tenho conseguido escrever a triste continuação da história.

Espero que gostem Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa leto ^^
pattinson biggest fan
avatar

Número de Mensagens : 791
Idade : 22
Localização : in jared's mind ^^ i wish #)

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Sab Mar 28, 2009 3:26 pm

eu gostei. tá tao fofo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menina Cullen
i'll be your lover, too
avatar

Número de Mensagens : 266
Idade : 26
Localização : Amadora
Humor : Feliz

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Seg Mar 30, 2009 8:30 am

Eu estou a gostar .. apesar de estar um pouco confuso :S mas ta mto fixe. cntinua!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Seg Mar 30, 2009 8:46 am

obrigada Smile

Pois... eu também acho que a minha escrita é confusa, mas tento fazer o melhor... :S
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Menina Cullen
i'll be your lover, too
avatar

Número de Mensagens : 266
Idade : 26
Localização : Amadora
Humor : Feliz

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qua Abr 01, 2009 6:52 am

Claro que sim! =D esta a ficar muito muito giro! qero continuação! o mais cedo possivel ! =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jibdias
pattinson biggest fan


Número de Mensagens : 614
Idade : 23
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   Qui Abr 02, 2009 5:20 am

Capitulo 4: O grave acidente

-Sandra, o que se passa?
Ela não parava de chorar na sala de espera no hospital.
-Lembras-te do telefonema que recebi hoje à noite na tua casa?
-Claro que sim. Depois ficas-te com tanta pressa. Nem me dizes-te o que se passou…
-Pois… Bem, era a minha tia a dizer que os meus pais tinham tido um grave acidente de automóvel. Vim logo para aqui e pedi mais informações à recepcionista. Parece que o meu pai está em coma profundo e a minha mãe está agora a ser operada de emergência. Tem poucas hipóteses de sobreviver.
Mais lágrimas corriam na cara dela. Ela e os pais tinham uma grande amizade. Não sei como ela vai viver se eles morrerem.
-Oh, amiga. Não fiques assim. Vai tudo correr bem… - um longo abraço se seguiu. De repente reparei que a irmã dela não estava ao pé de nós.
-A tua irmã?
-Ela foi para casa da minha tia. Coitada, ela estava cansada…
A irmã da Sandra, a Ana, tinha apenas 10 anos, 6 anos mais nova que ela. É uma rapariga já muito evoluída para a idade. Sem dúvida que ia ser igual à irmã.
-Fez bem. Não queres vir tomar um café, para relaxares?
-OK!

(no café)
-Quando é que terás novidades da tua mãe?
-Não sei. A enfermeira disse que como era uma operação difícil demorava horas. Ela já entrou no bloco operatório à 2 horas….
Neste momento o meu telefone começa a tocar.
-Desculpa, é a minha mãe. Vou ter de atender.
-Tudo bem, não faz mal.
Sai do café e atendi.
-Sim, mãe?
-Filha, onde estás? Com quem?
-Calma mãe. A Sandra precisou de mim e eu vim ter com ela.
-A estas horas? O que há de tão urgente?
Olhei para o relógio e vi que já são 5h 30 da manhã. O tempo tinha passado a correr.
-Desculpa, mãe. Nem reparei bem nas horas. Ela precisa mesmo de mim. Depois explico-te melhor. Dorme bem.
-Espero mesmo que seja uma boa explicação, Carolina. Oh meu deus. Podias ter-nos avisado… O teu pai também está aqui aflito…
-Eu sei, mãe. A sério. Agora tenho de ir ter com a Sandra. Depois falamos.
-Está bem. Adeus.
-Adeus, mãe.
Entro para dentro e qual é o meu espanto que vejo a Sandra acompanhada. Aproximei-me mais e reparei que era o Pedro. A estas horas? Aqui, com a Sandra? Porquê?
-Olá, Pedro! Por aqui?
-Oh, olá, Carolina. Sim, vim ter com a Sandra.
-A sério? Por alguma razão especial que eu não saiba?
-Carolina, depois falamos…
-Está bem, Sandra. Bem, há novidades dos teus pais?
-Não…

(de volta ao hospital)
-Tanto tempo… Já passaram 3 horas desde que entrou e nada. Vou ver o meu pai…
-Queres companhia?
-Obrigada, Carolina, mas eu quero ir sozinha.
-Tudo bem…
-Pedro, é melhor ires embora. Eu fico bem.
-A sério? Não queres que fique?
-Não. Vai antes que os teus pais acordem e dêem por tua falta.
-Está bem, querida. Até amanhã.
Seguiu-se um longo beijo apaixonado. Eles deviam ter começado a namorar. Nem quero acreditar. O Pedro costumava dizer que não queria um namoro sério e agora namora com a rapariga mais namoradeira da escola.

(quando a Sandra voltou de ver o pai)
-Há novidades?
-Não!
-Desculpa ter-te deixado aqui sozinha tanto tempo…
-Não faz mal.
Neste momento chegou um enfermeiro à porta e disse:
-Sandra Martins!
-Sim! Aqui!
O enfermeiro aproximou-se de nós.
-Tenho muita pena de ter que ser eu a dar-lhe esta notícia. Foram feitos todos os possíveis, mas a sua mãe não resistiu…
-Como? Desculpe, mas eu quero vê-la…
-Não pode, menina. Ela acabou de morrer…
-COMO É POSSÍVEL? NÃO PODE SER!
-Acalme-se, por favor. Está num hospital.
-EU NÃO ME QUERO ACALMAR! EU QUERO A MINHA MÃE!
-Sandra, por favor…
-SANDRA NADA! A MINHA MÃE…
-Peço imensa desculpa. Eu vou levá-la a dar um passeio. Sandra anda!
Ela obedeceu-me imediatamente. Coitada, ela não parava de chorar.

(no jardim do hospital)
-Não posso acreditar…
-Sandra, infelizmente é verdade. Agora tens de seguir a tua vida e acreditar que o teu pai vai acordar em breve.
-E se o meu pai não acordar? O que eu faço?
-Se o teu pai não acordar tens de seguir em frente na mesma. Lembra-te da tua irmã. Ela ainda é tão nova… Pensa que tens de fazê-la feliz…
-O que me vai custar mais é contar-lhe…
-Porque é que não ligas à tua tia e ela dá a noticia à tua irmã?
-Boa ideia. Vou telefonar-lhe.

(no final do telefonema)
-Desculpa, amiga. Já são 7 horas. Tenho de ir embora.
-Já? Pois… Eu vou ver mais uma vez o meu pai e também vou-me embora…
-Está bem. As melhoras para ele e…força, amiga!
-Muito obrigada. Foste uma grande ajuda.
-De nada. Para que servem os amigos?
-Então adeus.
-Adeus.

(já em casa)
-Carolina, és tu?
-Sim, mãe, sou eu!
Ela desceu as escadas e veio ter comigo à sala.
-Já me podes explicar o que aconteceu?
-Sim, mãe, já posso. A Sandra esteve cá em casa ontem à noite e recebeu um telefonema um pouco estranho. A meio da noite ligou-me para eu ir ter com ela. Cheguei ao hospital e ela contou-me que os pais dela tinham tido um grave acidente. O pai dela está em coma profundo e a mãe está… morta.
-Como? A Carla está morta?
-Sim… Ela tinha de ser operada de urgência e não resistiu…
-Como é possível?
Saiu rapidamente da sala. Quase jurava que ela começou a chorar, mas porquê? Ela nem é muito amiga dos pais da Sandra…
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: "Mudanças"   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
"Mudanças"
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» SALVATION666 (Ger) "Anima Pestifera" CD at pressing plant
» Vertigo Steps - "surface / light" sai em Abril pela ESW, EP "sublight" em Março; teaser online!
» Albuns "non-Metal" do ano
» Stormwarrior - "Heathen Warrior" (2011)
» Arch Enemy - "Khaos Legions" (2011)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Robert Pattinson Portuguese Fórum :: Fans Space :: Fan Fics-
Ir para: