InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Rob e PORTUGAL

Ir em baixo 
AutorMensagem
MaryBoo
to roam
avatar

Número de Mensagens : 189
Idade : 26

MensagemAssunto: Rob e PORTUGAL   Ter Nov 24, 2009 12:11 pm

Rob Pattinson: «Pus bastante de James Dean na personagem do Edward»
23 | 11 | 2009 08.36H
Tímido, modesto, sorridente e ainda sem perceber como se tornou tão famoso com a saga de romance adolescente e de vampiros Crepúsculo; foi este o jovem que encontrámos.

Robert falou-nos dos desafios do 2.º filme da saga, Lua Nova - estreia quinta-feira - da personagem Edward, agora mais complexa, e nos Verões que passou em Portugal, onde quer voltar.

João Tomé | jtome@destak.pt

Olá, agora que já sabe que venho de Portugal, conhece?
Conheço! Costumava ir lá de férias quase todos os anos, até ter 14 anos, acho eu (risos). Todos os Verões.

E gostava?
Adorava ir! Costumava passar os Verões em Vale do Lobo, desde miúdo. Não vou lá desde que tinha 14 anos [há nove anos]. Mas estive a pensar, recentemente, em lá ir na altura do Natal. Mas depois pensei, vai estar frio no Natal. (Risos). Então vou esperar por um Verão livre. Sinto mesmo muitas saudades, sempre adorei Portugal.

Sobre o filme… na sua perspectiva, o que mudou neste segundo filme na sua personagem e em si próprio, a forma como aborda o segundo capítulo da saga?Acho que o Edward é muito mais complexo neste. Parece-me que o sucesso do primeiro filme permitiu uma performance mais complexa agora, eu acho. Espero que se note no ecrã (risos). Sempre percebi muito melhor o segundo livro do que qualquer um dos outros e gostei dos aspectos mais negros da personagem. Foi isso que tentei enfatizar na interpretação.

A sua personagem, Edward, aparece menos e outra personagem, Jacob, partilha o amor por Bella. Foi difícil conciliar o crescimento de personagens e o duplo romance existente?
Foi estranho neste filme, porque praticamente não tive cenas com o Taylor [actor que faz de Jacob], e ele estava a trabalhar bem mais do que eu. A história dele estava a desenvolver-se de forma completamente independente da minha. Depois eu entrava e fazia cenas com a Kristen [Stewart, actriz que interpreta Bella] e conseguia ver como ela tinha mudado, e conseguia ver pequenas diferenças no que ela estava a pensar nas cenas, por causa do que estava a acontecer com a linha da história do Jacob. Foi um desenvolvimento e um envolvimento muito interessantes, bastante diferentes do que aconteceu em Crepúsculo.

Há muita "química" entre a sua personagem e a Bella. Foi difícil neste filme voltar ao mesmo nível de envolvimento entre os dois?
Quer dizer, a Kristen e eu ambos gostávamos mais deste livro do que qualquer outro, por isso andámos sempre entusiasmados por ir fazer o segundo filme e ambos sabíamos bem como o fazer. Por isso não acho… nunca achei em nenhuma altura que ia ser difícil fazê-lo ou manter o mesmo envolvimento com a Kristen, foi natural e sempre olhei para este segundo filme com grande entusiasmo.

Este é um filme de vampiros e também de uma espécie de Romeu e Julieta adolescente. Esse é o principal motivo para tanto sucesso da saga?
Sim… quer dizer, acho que é algo sobre uma relação de duas pessoas que vão sempre estar completamente dedicadas uma à outra e nunca vão pensar em mais nada a não ser na outra pessoa, e têm uma relação completamente exclusiva e dedicada. Mas ao mesmo tempo têm uma relação muito intensa que tem sempre um forte elemento de perigo, porque toda a gente quer isso nas suas relações também, querem que seja um pouco assustadora e é impossível aguentar na realidade, por isso é que as pessoas gostam verdadeiramente do tema e da saga. Aliás, tem sido uma loucura inacreditável, toda esta atenção e fervor dos fãs.

Obrigado e, quem sabe, nos vejamos em Portugal. Talvez com menos confusão e loucura de milhares de fãs como se vê aqui em Los Angeles [8 de Novembro].
Era o que eu estava a pensar, passar por Portugal quase camuflado para poder aproveitar e matar saudades convenientemente (risos). Vemo-nos por aí.

----------------------------------------------------------------

O VAMPIRO QUE GOSTA DE JAMES DEAN

Fica a sensação que há um pouco de James Dean em Edward. Carisma, voz calma, postura... houve inspiração neste estereótipo?
Sim… acho que desde o primeiro filme. A partir do meu próprio medo sempre pensei que como tantas raparigas adoravam esta personagem, andei a procurar vários outros actores e tipos que pareciam ser universalmente considerados atractivos por um período longo de tempo (risos). E tentei tirar elementos disso e misturá-los com outras coisas. Pus bastante de James Dean no Edward até porque sempre achei que a história do filme Rebelde Sem Causa é muito semelhante com Crepúsculo. O forasteiro que encontra uma forasteira que o faz ver as coisas noutra perspectiva. Quer dizer, há muitas histórias assim, mas eu sempre adorei o Rebelde Sem Causa e acho que é uma das principais inspirações.

----------------------------------------------------------------


In Destak
23Novembro2009
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Rob e PORTUGAL
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Portugal Pagão
» Portugal 80s Metal blog
» Um passeio em Portugal
» Mayhem em portugal!!!
» Tube Amp HIFI VMP ST35 (made by vintage musical parts - PORTUGAL)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Robert Pattinson Portuguese Fórum :: Robert Pattinson :: Notícias-
Ir para: